Lilypie - Memorial

Lilypie - Kids Birthday

...

quinta-feira, março 27, 2014

5 semanas...

...5 semanas nos separam filha... cada dia e cada hora que passa esta ferida lateja, doi.... está em "carne viva".

As quintas-feiras custam tanto... lembro que a esta hora preparavamos as coisas para irmos em emergência para a maternidade. Foi sem qualquer dúvida o pior dia da minha vida, não deve haver pior dia do que aquele em que se sabe que se perde um filho.

E é uma infelicidade, um desgosto muito grande perceber que hoje o dia devia ser guardado para comemorar um dos teus primeiros sorrisos e não lembrar a tua partida... O vazio que ficou da tua partida preenche-me, assim como esta dolorosa saudade...

Amo-te tanto princesa Ju...

quarta-feira, março 26, 2014

Há dias assim...

... dias em que a saudade nos invade e aperta, nos impede de respirar e deixa um vazio imenso.
Sinto-me tão incompleta sem ti Princesa, amo-te tanto... tanto
O teu mano tem saudades tuas, ainda mexe na minha barriga para te tentar sentir e depois olha para mim e ficamos por momentos num silêncio gritante.
Hoje tive que ver as poucas fotografias que temos juntas... olhar para os teus pezinhos e a tua carinha ainda húmida de teres saído de dentro de mim fez-me perceber o quanto o toque da tua pele e o teu cheiro está presente em mim... o teu calor na minha pele. Oh Ju... temos tantas saudades tuas filha...

quinta-feira, março 20, 2014

hoje...

...o Céu está em festa. Parabéns princesa pelo teu mesaversário.
Amo-te daqui até às estrelas e mais além


quarta-feira, março 19, 2014

1 mês...

... desde a última vez que ouvi bater pela última vez esse teu coraçãozinho meu amor... CTG normal, tudo perfeito... mexias tanto que até filmei com o telemovel. E a médica disse-nos que agora era aguardar e menos de 24h depois tu partes sem aviso. Quem me dera ter parado o tempo ali... quanta saudade...

segunda-feira, março 17, 2014

Queria...

... tanto, mas tanto! tocar o Céu. Sentir-te nos meus braços novamente e tocar com os meus lábios na tua pele... cheirar-te. Que dor insana esta que me preenche...

domingo, março 16, 2014

Dizem...

...algumas mães que: "o meu filho estava bem porque quem é mãe sabe e sente".

é... seria perfeito que assim fosse mas infelizmente não é... eu senti, mas senti apenas quando aconteceu e soube logo que era muito grave, óbvio que soube... mas... não consegui sentir a sentença de morte que automaticamente e de forma tão fulminante caiu sobre a minha filha no segundo em que aconteceu pelo que não estava à espera do ar desolado do ecografista e, quando me comunicou em linguagem universal que a minha filha tinha partido demorei a acreditar... a linguagem da cabeça a abanar e de olhos sem brilho. Nunca hei-de esquecer esse olhar, essa comunicação não verbal... o pior dia da minha vida. E demorei um trabalho de parto e um parto inteiro para acreditar, e quando ela nasceu e eu pedi que pusessem a minha filha no meu peito acreditei num milagre. Acreditei que o meu amor por ela sendo infinito e tão forte fizesse aquele coração voltar a bater... mas o milagre não aconteceu... e eu sobrevivo dia após dia numa angústia, desolação, vazio e dor que só eu e outras mães que passam pelo mesmo sabem o que é e como é. Não existem palavras que consigam chegar perto do que se sente.
 

Que merda! é que não basta esta dor que corroi, que esvazia, que angustia, que nos desfaz por dentro, não basta a dor de não ter sabido/sentido atempadamente e de outras tantas coisas ainda tenho que ler algures num grupo de facebook que quem é mãe sabe e sente quando o filho está bem... tretas que fazem verdadeiramente mal a quem perdeu um filho... verdadeiramente mal...

sexta-feira, março 14, 2014

Partiste...

... no dia 20 de fevereiro de 2014 às 38 semanas e quatro dias de gravidez sem que pudessemos cruzar o olhar, sem que pudesses ouvir-me com os meus lábios encostados ao teu ouvidinho dizer o quanto te amo. Tenho tantas saudades tuas minha filha, princesa da minha vida.
Eras perfeita, linda, perfeita, cheirosa de pele macia e linda... tão linda que eras minha filha... que vazio enorme existe.
Beijei tanto a tua pele, cheirei-te, olhei para ti com a promessa do amor eterno que terei sempre...Amo-te princesa, até ao fim dos meus dias... obrigada pelos 9 meses perfeitos que passámos juntas