Lilypie - Memorial

Lilypie - Kids Birthday

...

domingo, março 16, 2014

Dizem...

...algumas mães que: "o meu filho estava bem porque quem é mãe sabe e sente".

é... seria perfeito que assim fosse mas infelizmente não é... eu senti, mas senti apenas quando aconteceu e soube logo que era muito grave, óbvio que soube... mas... não consegui sentir a sentença de morte que automaticamente e de forma tão fulminante caiu sobre a minha filha no segundo em que aconteceu pelo que não estava à espera do ar desolado do ecografista e, quando me comunicou em linguagem universal que a minha filha tinha partido demorei a acreditar... a linguagem da cabeça a abanar e de olhos sem brilho. Nunca hei-de esquecer esse olhar, essa comunicação não verbal... o pior dia da minha vida. E demorei um trabalho de parto e um parto inteiro para acreditar, e quando ela nasceu e eu pedi que pusessem a minha filha no meu peito acreditei num milagre. Acreditei que o meu amor por ela sendo infinito e tão forte fizesse aquele coração voltar a bater... mas o milagre não aconteceu... e eu sobrevivo dia após dia numa angústia, desolação, vazio e dor que só eu e outras mães que passam pelo mesmo sabem o que é e como é. Não existem palavras que consigam chegar perto do que se sente.
 

Que merda! é que não basta esta dor que corroi, que esvazia, que angustia, que nos desfaz por dentro, não basta a dor de não ter sabido/sentido atempadamente e de outras tantas coisas ainda tenho que ler algures num grupo de facebook que quem é mãe sabe e sente quando o filho está bem... tretas que fazem verdadeiramente mal a quem perdeu um filho... verdadeiramente mal...
Enviar um comentário